Afiadas

Cinco amigas cheias de criatividade e pontos de vista diferentes.

Feminismo e Cavalheirismo

feminismo1

Estava sem ideia do que escrever hoje, então, resolvi dar uma olhada na casa da aleatoriedade da internet: Buzzfeed. Encontrei a seguinte “postagem” (tenho dificuldade em definir exatamente o que é): http://www.buzzfeed.com/emaoconnor/emma-watson-acabou-de-dar-o-conselho-perfeito-de-n#.kf9G55V5l

Basicamente, Emma Watson, em uma entrevista em que foi perguntada algumas vezes sobre feminismo, explicou que o cavalheirismo é a expressão de boa educação e deve ser uma via de mão-dupla. Da mesma forma que um homem pode e deve pagar uma conta para uma mulher, esta pode e deve fazer o mesmo para o seu acompanhante.

Muitas vezes, quando uma mulher se identifica como feminista, a primeira pergunta que fazem é sobre cavalheirismo. Pois bem, a resposta é simples: toda mulher gosta (ou deveria gostar) da boa educação.

O feminismo, muito resumidamente, pretende a igualdade entre os sexos, igualdade que deve ser entendida como mesmas oportunidades e chances. Toda mulher deve ter a opção de escolher seu caminho, e a ela devem ser fornecidas todas as ferramentas necessárias para isso.

Em paralelo, acredito que todos queremos morar em um mundo em que prevaleça a boa educação, a solidariedade, o carinho e a compaixão.

Colocando em exemplos práticos:

Se o meu vizinho (homem e forte) quer me ajudar com uma sacola pesada, aceitarei a oferta e ficarei grata. Da mesma forma, se minha professora de educação física (mulher e bem forte) fizer a mesma oferta, aceitarei e ficarei grata.

No aeroporto, quando vejo um senhor de idade (homem, mas com pouca força física) indo tirar sua mala da esteira, eu ofereço ajuda e ficarei muito feliz se ele aceitar.

Ou seja, o mais forte deve, sempre que possível, ajudar o mais fraco.

Já em relação à conta do restaurante, fica mais difícil estipular uma regra. Nos primeiros encontros, acho que a mulher sempre deve se oferecer, realmente, para dividir. Depois, quando o relacionamento está mais amadurecido, cada um deve contribuir de acordo com as suas possibilidades. Quem ganha mais, paga mais.

Claro que convites e agrados são sempre benvindos em toda relação e ambas as partes devem ter esse tipo de atenção.

A verdade é que tudo fica simples quando você tem em mente noções básicas, como: respeite o outro, ajude quem puder e agrade quem você ama.

Escrito e publicado por Letícia

***Se você possui os direitos autorais sobre qualquer imagem e deseja que elas sejam removidas deste blog, por favor entre em contato.***

Anúncios

2 comentários em “Feminismo e Cavalheirismo

  1. Fernanda Cecília
    20 de março de 2015

    Amei, Lê! Palmas!

    Curtir

  2. Didi
    20 de março de 2015

    Adorei, só uma observação: a sua professora de educação física é beeeeeeeem forte!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Informação

Publicado em 19 de março de 2015 por em Ponto de Vista.
%d blogueiros gostam disto: