Afiadas

Cinco amigas cheias de criatividade e pontos de vista diferentes.

Boas Festas

champag

Mais um ano vai. 2014 chegou e passou voando. Nem acredito que um novo ano se aproxima. Esta época de festas de fim de ano me deixa sempre um pouco nostálgica. Venho de família grande e de uma avó materna que, simplesmente, era apaixonada por esta época do ano. Acho que este amor eu herdei dela. Quando chega novembro, eu já começo a me aquecer para os preparativos das festas e as recordações das festas em família são inevitáveis. Era com muito carinho que minha avó decorava a casa e arrumava os presentes para os seus dez filhos, muitos netos e tantas outras pessoas queridas que ela fazia questão de presentear. Meus primos e eu ensaiávamos cânticos natalinos para apresentar para os nossos avós e era possível sentir a alegria e o clima de amor pairando pelo ar. A troca de presentes era também um show a parte com a descrição do nosso amigo oculto, ou amigo invisível como chama na terra dos meus pais. Eu lembro que eu tentava ficar acordada até muito tarde, mas o sono sempre me vencia e eu dormia pensando nos presentes que o Papai Noel deixaria para mim.

Não passei todos os Natais da minha infância com a minha avó, mas os Natais que passei foram inesquecíveis. E é este clima de alegria e amor que eu quero que seja igualmente memorável para a minha florzinha, agora que eu fui agraciada com a minha própria família. Espero que ela aprenda a gostar do Natal assim como eu aprendi com a minha avó para que ela possa ter e criar boas memórias ao longo de sua vida.

Eu gosto de rituais para a festa de réveillon. Gosto de comer as lentilhas, as uvas, pular as setes ondas e levar flores para Iemanjá – se eu estiver passando a virada na praia. É impressionante como a ideia de um ano totalmente novo nos enche de esperança para encarar as adversidades e recomeçar, como se o simples fato de uma mudança de dígito fosse o suficiente para trazer novidades significativas para as nossas vidas. Acabamos esquecendo que as coisas só mudam quando nós mudamos. E não basta ser uma mudança superficial: é preciso que ocorra dentro de nós mesmos.

Mas como não ficar maravilhado com 365 possibilidades de inovar, aceitar novos desafios, criar coragem para fazer aquela viagem ou dar aquele salto de para-quedas? Acho super interessante estabelecermos metas para o ano que se aproxima. Passar a virada ao lado de pessoas especiais e de boa energia dá aquele gás para enfrentar qualquer problema que possamos encontrar pela frente.

Espero que sua festa seja repleta de felicidade e paz ao lado da sua família e amigos!

Desejo saúde para dar e vender ao longo dos próximos 12 meses para todos nós!

Obrigada pelo carinho ao longo desses quase seis meses de blog. Feliz Ano Novo! Até 2015!

Cyn

***Se você possui os direitos autorais sobre qualquer imagem e deseja que elas sejam removidas deste blog, por favor entre em contato.***

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Informação

Publicado em 30 de dezembro de 2014 por em Ponto de Vista.
%d blogueiros gostam disto: