Afiadas

Cinco amigas cheias de criatividade e pontos de vista diferentes.

Maldita

Já não sei mais o que fazer. Não tenho a menor ideia de como me livrar dessa criatura.

Ela vem me tirando o sono faz dias, semanas, meses… Quem sabe já estava ali há anos, esperando por minha atenção?

Agora, aonde eu vou, o que quer que eu faça, lá está ela sorrindo para mim. Como se fosse a coisa mais natural do mundo.

O pior é que eu penso nela todos os dias: no trabalho, no trânsito, no cinema, na praia, na academia, enfim, em todos os momentos.

E, em todos eles, ela está comigo, sempre me acompanhando, sempre em mim. E, sempre alegre.

Se eu corro, é por ela, para ela, em sua direção, mas fugindo dela.

Fiz promessa, mandinga e reza forte. E, nada.

Não há um Santo, médico, padre ou pastor que me deixe livre dela.

Não posso mais viver com ela, não posso mais dividir meus dias com ela. Não posso ter uma vida independente, não com ela sempre junto de mim.

Eu juro, não vou desistir.

Um dia acordarei e ela não estará mais marcada em mim, terá desaparecido, levando com ela todas as minhas angústias e inseguranças.

Maldita Celulite, vou me libertar de você!

Didi Vasconcelos

***Se você possui os direitos autorais sobre qualquer imagem e deseja que elas sejam removidas deste blog, por favor, entre em contato.***

Anúncios

Um comentário em “Maldita

  1. Antonella
    26 de agosto de 2014

    Hahahahaha eu sofro do mesmo mal!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Informação

Publicado em 25 de agosto de 2014 por em Desabafo.
%d blogueiros gostam disto: